terça-feira, 14 de agosto de 2012

Mulher Gostosa (Crônica)

Hoje, um colega me abordou e me apontou uma mulher e disse: "Pô, Marcio, ela é muito gostosa, né?". Eu respondi: "De fato, ela é, mas vacilou feio comigo, me desrespeitou, então, poderia ser a Miss Universo e ainda assim não teria o menor encanto pra mim". Ele ficou me olhando como se eu tivesse deixado de gostar de mulher. Nem quis dar explicação alguma pra ele, fala sério!

Vim dirigindo pra casa pensando no assunto e no conceito de "Mulher Gostosa". Sou, assim, tipo Martinho da Vila: "Já tive mulheres de todas as cores...", inclusive gostosas, inclusive capa de revista de mulheres nuas. Eu, sinceramente, gosto de ver uma mulher bem cuidada, com belas curvas, etc e tal. Porém, meu conceito sobre "Mulher Gostosa" é diferente do comum, pelo o que concluí na minha reflexão durante minha volta pra casa. Eu defini em uma frase o meu conceito: MULHER GOSTOSA É AQUELA QUE TORNA A MINHA VIDA MAIS GOSTOSA. 

Sim, de fato, pegar numa pele macia, num corpo bem delineado, é bom pra exercitar o sentido do tato. É bom pra exercitar as funções motoras. Aquele cheiro gostoso de mulher bem cuidada faz com que nós, homens, percamos a cabeça. Mas, taí uma coisa que me deixa contrariado: por que perdemos a cabeça com isso, somente? Permitam-me explicar a questão. Eu já namorei "gostosas" que tornaram minha vida um pandemônio ou simplesmente um tédio, pois muitas das "gostosas" esquecem de malhar o cérebro, de fazer uma lipoaspiração de futilidades e implantes de conhecimento e cultura. 

Aquela pele de pêssego um dia vai virar maracujá de gaveta, cedo ou tarde! O tempo não faz barganha com o dinheiro. Chega um momento que a grana não consegue mais pagar a propina pro tempo e aí cai tudo. E depois disso, o que a "gostosa" vai ter a oferecer? Chega uma hora que os implantes de "sei lá o que" acabam que deformando a mulher, transformando-a em uma coisa meio "extraterrestre". É tanto esticamento de pele que um dia pode simplesmente arrebentar. Rostos ocidentais com aqueles olhos puxados que só ficam bem nas orientais, porque é NATURAL. Aquelas bocas carnudas que só ficam bem na Angelina Jolie e na Cláudia Raia.

Eu fico assustado com a arrogância de certas mulheres, achando que pelo fato da natureza ter sido generosa com elas, se sentirem no direito de agir com total falta de educação e respeito com os homens. Eu já paguei muito o pato por aturar essas atitudes a troco de nada por causa de uns babacas que se desmontam todos por causa de uma mulher "gostosa". Elas acabam achando que todo homem é babão e fazem umas coisas que dá vontade de mandar para um lugar muito feio. Até uma certa idade eu era um babão porque achava que satisfazer os caprichos delas as trariam pra mim. Ledo engano! Só me faziam gastar a grana que sempre ganhei com muito esmero para financiar suas diversões e, em algumas vezes, elas me "presenteavam" com seus belos corpos numa noite de sexo (em sua absoluta maioria, de péssima qualidade). Presente de grego, né? E pagava motel caro pra uma noite de marasmo e frescuras.

Enfim, acho que agora, depois de quase trinta e cinco anos muito bem vividos, estou aprendendo a diferenciar as "gostosas" conforme a convenção geral e as "gostosas" de acordo com o meu padrão. Aprendi que é bom estar perto de mulheres gostosas e não necessariamente ter qualquer tipo de relação física com elas, pois a fase do desespero passou e agora pra passar na minha catraca, tem que ter um passaporte carimbado e esse carimbo necessita de alguns critérios para ser conseguido. Não sou o Brad Pitt, George Clooney, Vin Diesel e outros caras que as mulheres dizem ser "sonhos de consumo", mas eu sou um cara que torna a vida de uma mulher bem mais gostosa. Sei do meu valor e meu passe é caro, não é qualquer "clube" que pode me "contratar". 

Sei que assim como o tempo é cruel com as mulheres, é cruel com os homens. Por isso, mais do que nunca, cuido do meu corpo, mente e espírito, pois quero ter vitalidade, conteúdo e consistência para tornar a vida de uma mulher mais gostosa.

Beijo nas crianças,
MB