sábado, 15 de junho de 2013

Malu Menina (Prosa Poética)

Maria Luiza Morgado Bragança, Malu... Meu amor, uma das minhas mais belas composições. Hoje você faz aniversário. Personalidade de mulher forte desde menina. A flor do papai. Meu orgulho, minha honra de ter feito você junto com sua mãe, que mesmo separados, estamos cuidando de você à nossa maneira. Mesmo quando você for uma mulher feita e pronta pra vida, será sempre a minha Pocoyo. Amo você com todas as minhas forças e estarei sempre disponível quando precisar de mim. Largo tudo pra estar com você nos momentos de necessidade. Minha menina, sempre vai ser minha Malu Menina, mesmo que mulher, mesmo quando eu me for. Serei seu anjo protetor, minha filha e procurarei lhe dar o melhor exemplo de vida que eu puder. De todos os homens desse mundo, sou o seu melhor amigo, aquele que vai lhe ouvir toda vez que quiser falar. Aquele que vai lhe dar carinho quando o mundo lhe abalar. Sempre será a minha princesa, minha preciosa. Lhe deixo viver, lhe deixo livre pra que conquiste o mundo à sua maneira. Terá meu apoio irrestrito em suas escolhas, pois sei que irá fazer boas escolhas na vida. Tem uma inteligência nata, uma esperteza que dizem que vai me dar trabalho. Um prazer de trabalho ser seu pai. Feliz aniversário, meu amor, a mulher que endireitou a minha vida. Amo você pra além do sempre.

Um beijo, minha eterna criança, esse é só seu!
Papai