sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Caixa Postal (Poesia)

Ligo pra você
Só pra ouvir sua voz na caixa postal
Sei que nunca mais serei atendido
Mas, deixe a mensagem lá
Pode ignorar quando o meu número aparecer no seu "bina"
Uma dose de "deixe seu recado" faz o meu dia melhor
Uma voz de mulher firme, lutadora, imbatível
Que outrora em meus braços se desmanchava
Ah, tempos gloriosos!
A sua risada das minhas piadas sem graça
Nossos papos-cabeça
Nossas discussões sobre seriados
Nossas línguas ferinas falando os podres
Dos bastidores do mundo artístico
Sinto falta de tudo isso
E mais um pouco
É uma dor que eu tento arrancar de mim
Mas quase tudo me lembra você
Somos iguais, até nos defeitos
Enfim, só me deixe ouvir a mensagem
Ela é a única forma de me fazer sentir
Que você está falando comigo por aqueles poucos segundos