quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Autoconversa (Poesia)

Ah, Marcio
Você ainda está nessa?
Não consegue seguir em frente?
Onde está a sua felicidade expressa no sorriso daquela foto?

Ah, Marcio
Estou sim, confesso
Estagnei, não consigo me mover
Essa felicidade nunca existiu, foi fachada

Ah, Marcio
O que você vai fazer?
O que falta?
Você tem tantos amigos!

Ah, Marcio
Nada mais tenho a fazer
Nós sabemos o que falta
Amigos? Tem certeza? Todos me acham louco

Ah, Marcio
E a esperança?
E os seus planos?
Por que acham você louco?

Ah, Marcio
Como eu já não vivo mais, a esperança já se foi
Tenho mil barreiras a cada plano que tenho
Porque só cometo loucuras, uns fingem ignorar, outros me ignoram

Ah, Marcio
O que posso fazer por você?
Você me ama?
Você ama alguém?

Ah, Marcio
Você nada pode fazer
Já amei você, mas hoje não consigo mais
Sem amar você, fica difícil amar outra pessoa