sábado, 19 de março de 2011

Este Canto (Poesia)

Quero aliviar meu pranto
Neste canto que vem do fundo
Meu mundo desabou
A festa terminou
Hoje é só vontade
Hoje é só saudade
No meio de tanta gente
Me sinto diferente
Me sinto transparente
Me sinto tão sozinho
Este canto arranca o espinho
Acalanta minha alma
Restaura minha calma
Me livra da morte
Muda minha sorte
Cicatriza esse corte